Reaproveitamento do pó de carbono

Alunas de química

Estudo busca evitar o descarte e reaproveitar o pó de carbono gerado pelo corte de blocos de EDM grafite

Estudantes  repensam o descarte do material e buscam conscientizar empresas pelo destino dado aos resíduos gerados

O quê?

A preocupação com o descarte de material e a busca por incentivar empresas a novas aplicações dos resíduos produzidos, levou três alunas da área de química, a estudarem possibilidades de uso para o pó de EDM grafite. Para isso, Denise Gonçalves, Francine Alves e Talita Sizenando, por meio da espectometria de raio x, realizaram estudos em laboratório para analisar se a quantidade de carbono em bloco sofria alteração ao transformá-lo em .

Análise

Como esperado, chegaram ao resultado de que a mudança que ocorria era apenas de estado físico e que a quantidade de carbono se mantinha ainda em 99% do resíduo. “O grafite na forma compacta tem uma grande importância no mercado e não seria possível a mesma composição perder o seu valor”, comenta Talita.

Alunas de química

Possibilidades

Dentro da pesquisa, foram encontrados inúmeros produtos com alta porcentagem de carbono. Como exemplo, o desmoldante, produto que facilita a remoção de uma peça fabricada em um molde. As pastilhas de freio, as quais fazem parte de um sistema de freio a disco e resistem a altas temperaturas. Também o carburante, produto utilizado para aumentar o teor de carbono em ligas metálicas.

Resultados

O único teste prático, de acordo com o foco da aplicação, foi realizado para o desmoldante. Uma empresa consumidora de outras linhas de desmoldantes confirmou que a amostra aplicada apresentou igualmente o mesmo desempenho que o produto feito em larga escala. De acordo com a equipe, para viabilizar a produção do desmoldante produzido para teste seria necessário obter uma quantidade fixa da nova matéria-prima gerada após o corte.

Novo olhar

O trabalho, que serviu como pesquisa experimental para conclusão dos estudos na área, buscou dar um novo olhar para a matéria prima descartada e do mesmo modo teve como objetivo alertar às indústrias de que os resíduos gerados podem, sim, ser transformados.

Exemplo de desmoldante

Desmoldante

Meio Ambiente

Além dos cuidados com o meio ambiente, pensar em novas formas de aplicação de um produto antes de descartá-lo pode, também, gerar economia e benefícios. Principalmente, para quem se atenta ao reaproveitamento de resíduos. Da mesma forma, é importante também que a indústria esteja atenta que um resíduo hoje, pode ser uma importante matéria-prima no futuro.

Obs: Eventualmente, o pó de EDM grafite na Steelcarbon é bastante procurado por empresas e universidades para diferentes aplicações. Então, se você também conhece uma forma de aplicação para o carbono, conta pra gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *